quinta-feira, 21 de julho de 2016

Quando tua língua desfruta da doçura que vês em mim

.......................
Teus lábios ávidos, deixam meus apetites fervilhando
No carinho do toque que teus desejos buscam sem fim
Rocia meu corpo em suores de apetite por ti clamando
Quando tua língua desfruta da doçura que vês em mim
Teu olhar se perdendo nos trilhos deste corpo somente
Sabor a sal, delírios de mel, na apetência do teu desejo
Ondas de dulçor vindas dos teus lábios, tão docemente
Soltando em mim os sucos do sabor doce do teu beijo
Viajas pelos desejos que teu querer por meu corpo reluz
Nas vertentes mais belas que em tua mente, raios de luz
Reflecte volúpia, feita dilecção e malícia em esplendor
O suor do teu corpo que pelo meu escoa sem direcção
Trazendo em gotas o sabor da lascívia do teu coração
Que sobre minha pele deixam "lágrimas" do teu amor
.........

10 comentários:

  1. Um poema fascinante, quero deixar os parabéns ao seu autor. Gostei mesmo muito.

    ResponderEliminar
  2. Um colosso de poema, roçando na sensualidade, o que lhe dá outro glamour. Maravilhoso, como sempre. Demoras, mas quando regressas é em grande PARABÉNS. AMEI.

    Beijo Ricardo!

    ResponderEliminar
  3. Minha mente até fervilhou com tamanha sensualidade e doçura!
    A tua ausência é notada mas o teu regresso provoca sempre um impacto colossal e desta vez com um poema que fervilha os sentidos. Elaboração perfeita e palavras/emoções sabiamente escolhidas para dar mais ênfase à sensualidade e volúpia, não esquecendo a imagem que é duma luxúria total.
    Um abraço amigo Ricardo e explora mais essa vertente sensual na tua poesia.

    ResponderEliminar
  4. Romantismo e erotismo em um mesmo poema. Gosto desta mistura, só os muito inspirados conseguem fazê-la.
    Que a sexta lhe renove as esperanças para um fim de semana esplêndido!

    Beijos de {Λїta}_ST

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Sensualissimo,muy caliente... muito bem escrito. Parabéns Poeta, Ricardo.

    Bjus

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, Ricardo!
    Soneto maravilhoso, repleto de sensualidade, mas de uma meiguice que nos deixa sensibilizados. Descreve cada gesto de carinho com paixão, quase conseguimos sentir o calor do momento de ternura e desejos. Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Versos com sensualidade num belo soneto a expressar o amor. Parabéns por tão bela escrita e uma maravilhosa semana.

    ResponderEliminar
  9. Um desejo cheio de sensualidade, expresso em imagens muito sugestivas.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Hummmmmm Quanta sensualidade deste soberbo poema!!
    Adorei :))

    Bjocas

    ResponderEliminar