quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Quando neste banco, vivo a triste solidão

...............................
Quando neste banco, vivo a triste solidão
A tua imagem mora em meu pensamento
Tristeza que castiga o meu ferido coração
Que sente tua ausência em forte tormento
.
Quando neste banco, revivo teus carinhos
Que tão longe deixaram fazer tortuosidade
Correm-me as lágrimas em afiado espinho
Nesse pensamento que já viveu felicidade
.
Triste solidão que neste corpo deixa ferida
Quando relembro a palavra mais proferida
Entre beijos em que eras o meu doce amor
.
Termo olvidado entre solitária neblina fria
Sinto meu coração viver nesta melancolia
Solidão por sentir tão dura e sufocada dor
.

9 comentários:

  1. Excelente, o teu poema. Amei. Parabéns

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Belo poema romântico, meu caro Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderEliminar
  3. Pior que viver uma solidão sozinho é viver uma solidão a dois. Eu adoro minha companhia e nunca me senti só; AbraÇo

    ResponderEliminar
  4. A solidão é muito triste,mas muitas vezes temos que aceitá-la.
    Belíssimo soneto Ricardo.
    Fico feliz que tenha voltado ao convívio dos amigos.
    Seja bem vindo!
    Bjs,obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  5. Muito linda poesia
    A solidão é doída
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Bom dia, Ricardo, bela imagem do banco, o qual nos mostra a imagem do homem em sua solidão. Soneto repleto de sentimentos e saudades de alguém que deixou na lembranças, doces momentos de amor e carinho. Fiquei feliz com sua visita, obrigada! Abraços!

    ResponderEliminar
  7. Soberbo poema dominado por amargurados sentimentos mas tão maravilhosamente usados por ti e aliados a sábias palavras.
    Adorei como sempre!
    Um beijinho e fantásticas inspirações.

    ResponderEliminar
  8. Magistral seu poema,querido amigo Ricardo. Triste,porém lindo.

    A solidão pode ser benéfica por vezes e dela se abrem portas para reescrever nossas vidas de forma mais feliz.

    Sabe como cheguei aqui? Seu blog está na minha lista de blogs favoritos e recebo suas atualizações.

    Adoro seu espaço e sempre me emociono com seu poetar!
    Nunca mais o vi no meu. Esqueceu de mim?


    Seu blog está na lista de Meus Blogs favoritos à direita do meu.Basta olhar!

    Tem posts novo no meu blog!

    Obrigada por suas visitas anteriores e seus comentários.

    Comente mais de 1 post,porque tem muitos nas "Minhas Categorias" à direita,ok?

    Feliz e abençoada semana!

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka





    ResponderEliminar