terça-feira, 27 de junho de 2017

Se tu soubesses livrar-te desse teu cansaço

.
Se tu soubesses livrar-te desse teu cansaço
Se tu soubesses discernir a alma, o desejo
Talvez em mim deixasses um terno abraço
Acompanhado por um leve e sedutor beijo

Se tu soubesses o quanto vales para mim
Se tu soubesses o quanto vale um carinho
Talvez num sorriso mostrasses que enfim
Comigo querias seguir o mesmo caminho

Se tu soubesses valorizar a sinceridade
O quanto vale o sentimento, a realidade
Talvez a tua mente fosse sincera, aberta

E pelos livres trilhos da fatigada felicidade
Pelas ruas e encruzilhadas da dura verdade
Talvez caminhasses comigo pela parte certa
.

6 comentários:

  1. É bom saber valorizar a sinceridade e quem nos "faz bem". A sinceridade é a chave para uma amizade duradoura.
    Parabéns pelo poema. Já estava em falta para com os seus leitores.

    Bjos e obrigada, por me permitir lê-lo.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma linda poesia,Ricardo.Sempre intensos versos! abraços, linda semana,chica

    ResponderEliminar
  3. Um poema muito bonito!
    Valorizo e muito a sinceridade. Só assim os caminhos se fazem na mesma direcção. Parabéns

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. SOBERBO!!!!!
    Cada verso faz tremer a alma! Um encanto de poema que arrasa!
    Parabéns amigo por este dom mágico!
    Beijinho grande

    ResponderEliminar